CADE - Clube Amador de Desportos do Entroncamento
Home Contactos
www.cade.pt

 






















Notícias :: Juvenis
Quem Não Marca … Acaba Por Sofrer …
« voltar
[2015-11-08] [Campeonato Nacional Juvenis - Série D] CADE A 0 - Alverca 1
 

QUEM NÃO MARCA … ACABA POR SOFRER …

Mais um jogo em que a sorte não sorriu aos jovens do Entroncamento.

Num jogo bem jogado, com muita entrega de todos os jogadores, começou melhor o CADE a dominar e a efectuar algumas jogadas perigosas, mas sem marcar. Os jovens de Alverca equilibraram a partida, tendo um livre perigoso aos 18’ e um remate perigoso aos 23’, mas também sem marcar. O Alverca jogava muito no contra-ataque, criando algum perigo. Ainda houve mais 2 ou 3 jogadas de perigo para ambas as balizas mas o resultado não se alterou até ao intervalo.

Na segunda parte o CADE começou melhor e em resultado disso ganhou um penalti aos 8’, mas David Nunes permitiu a defesa de Lucian. O Alverca ganhou força e conseguiu ter algum ascendente, resultando em golo aos 19’, depois de mais um bola bombeada para a frente e a defesa do CADE a não se entender, deixando Apolinário marcar. O CADE foi atrás do prejuízo, tendo algumas oportunidades, de cabeça David Aguiar ia marcando por duas vezes e Sereno também teve uma boa oportunidade, mas o resultado não se alterou.

Como se costuma dizer no futebol “quem não marca perde”. Num jogo entre equipas com valores muitos semelhantes, ganhou quem teve a felicidade e engenho de marcar.

CADE - 0

Carlos Baptista, Nuno Mesquita, João de Marco, André Silva, Rodrigo Rosa, David Nunes (cap), Guilherme Fernandes, Rafael Silva, Pedro Cardoso (Pedro Pires 67’), Daniel Andrade (Gonçalo Sereno 55’) e David Aguiar.

Suplentes: João Carlos Silva, Pedro Pires, João Bernarda, Pedro Marzia, Gonçalo Sereno.

Disciplina: Amarelo a André Silva (27’) e Rafael Silva (78’)

Treinador: Tony Gonçalves

Alverca - 1

Lucian, Rodrigo, Paulino, Guedes, Faia (cap), Carvalho, Roménio, Muralinho, Apolinário, Vidal e Coelho.

Suplentes: Prazeres, José Duarte, Guilherme, Sousa, Batista, Yuban e Eduardo.

Golo: Apolinário (59’)

Treinador: Nuno Dias

Campo nº 2 do Complexo Desportivo do Bonito no Entroncamento

Árbitro: Alexandre Chapa (A.F. Évora)   Árb. Assistentes: Norberto Nifro e Paulo Gaudêncio.

 

(Mário Bernarda)



 


43 anos de dedicação e devoção na luta pela glória

 


 
 

powered by OTUOC